Bruschetta de tomate e manjericão

Sempre que penso em uma entrada fácil de fazer, a primeira coisa que me vem à cabeça é a bruschetta. Não leva mais de 20 minutos para ficar pronta.
Há variações com cogumelos, queijos etc., mas a que me faz bater o coração certamente é a de tomate.

Ingredientes:
Pão italiano fatiado (gosto de fazer com aquele que tem formato de bisnaga)
1 cabeça de alho laminado
Azeite
4 tomates grandes picados
Folhas inteiras de manjericão
Sal a gosto

Modo de fazer:
Refogue os alhos no azeite e acrescente o tomate e sal a gosto. Deixe cozinhar por apenas 2 minutos. É muito importante que o tomate fique quase cru. Retire do fogo e acrescente o manjericão.
Espalhe o molho sobre as fatias de pão e leve ao forno, preaquecido e em temperatura alta e deixe por cerca de 10 min.

Anúncios

Pão de mel australiano

Esse pão fica muito parecido com aquele que é servido no Outback. Muito bom!!!!!
Ingredientes:
2 xícaras de água morna
1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara de farinha de centeio
1 e 1/4 colheres de sopa de fermento seco
1 colher de chá de sal
1 xícara de mel
3 colheres de sopa ade açúcar mascavo
1/3 de xícara de óleo
5 xícaras de trigo
fubá para polvilhar

Preparo:
– Dissolver o fermento na água morna. Juntar o mel e mexer.
– Adicionar a farinha de trigo integral, o sal e o óleo. Juntar o trigo aos poucos.
– Amassar a massa em uma superfície limpa e enfarinhada por 10 a 15 minutos, formando uma massa lisa e elástica, mas não muito mole. Se necessário, juntar mais um pouco de trigo.
– Colocar em uma bacia untada com óleo e girar diversas vezes para que toda a massa fique untada.
– Cobrir com um pano úmido e deixar descansar por 45 minutos.
– Dividir a massa em quatro, moldar em formato de baguete e colocar sobre tabuleiro untado.
– Salpicar fubá e levar ao forno pré-aquecido a 190º por 25 a 30 minutos.

Bagels

Bagel by Dona Teteia

Cada vez mais venho me interessando por pratos exóticos. Tenho buscado receitas típicas de países ou regiões do mundo fora dos roteiros turísticos, o que é um grande desafio. As chances de errar são enormes. Tenho dado sorte. O resultado dos meus quitutes estão bem surpreendentes.

Neste fim de semana, despenquei para o Mercado São Pedro, em Niterói, onde comprei 500g de carne de siri* e um filé de 1,6kg de salmão fresco. O cardápio seria casquinhas de siri como entrada e sanduíche de bagels recheados com gravlax. Foi uma refeição bem leve, bastante aromática e deliciosa.

Para os bagels:

Ingredientes

500g de farinha branca

2 colheres de sopa de açúcar refinado

1 colher de chá de sal

1 1/4 colher de fermento seco instantâneo

300ml de água

1 gema para pincelar

sementes de gergelim ou papoula (usei coentro seco)

Modo de fazer

1 – Coloque a farinha, 1 colher de açúcar, o sal, o fermento em uma tigela e á misturando água morna.

2 – Sove bem a massa sobre uma superfície enfarinhada por cerca de 5 minutos ou até formar uma massa homogênea e macia. Volte com a massa para a vasilha e cubra com filme plástico besuntado com óleo, sem apertar. Deixe descansar em ambiente morno por uma hora ou até que dobre de volume.

3 – Coloque a massa novamente na superfície enfarinhada e corte em 10 pedaços. Faça bolinhas e depois buracos no centro com o dedo. Alargue o buraco rodando a massa no dedo como se fosse um bambolê. A propósito, milha filha amou a brincadeira. Coloque as roscas em uma forma enfarinhada e deixe crescer novamente por 30 minutos.

4 – Ao fim do segundo descanso, ferva água em uma caçarola com 1 colher de açúcar e vá cozinhando de três em três, por cerca de 2 minutos cada lado. Retire da água e deixe escorrer por alguns minutos.

5 – Pincele com a gema batida e pouvilhe as sementes. Leve ao forno préaquecido, em forma untada, por cerca de 12 a 15 minutos.

fique atento para a proporção de siri na carne. Tem que ser 1oo% siri para ficar bom. Aquela que é misturada com arraia é R$ 5 mais barata, mas não fica tão boa.

Pão de iogurte, mel e erva doce

Mamãe adora juntar toda a família em torno do fogão equanto faz sua broa de milho com calda de coco, sequilhos, pães e o chazinho calmante de camomila. Ela sempre diz que a fumaça e o apito da chaleira somados ao delicioso aroma das delícias quase prontas no forno funcionam mais que canção de ninar. E não é que ela tem razão!

Ainda falta muito para eu chegar ao nível de alquimista culinária com a dona Teca, mas continuo em treinamento.

Lanche da tarde especial
Lanche da tarde especial

No entanto, tenho bem menos tempo disponível para curtir a cozinha no dia-a-dia. Embora ame as artes culinárias, tenho que tornar tudo mais prático. Por isso comprei uma máquina de fazer pão, que não tem o charme e a mágica do forno da mamãe, mas serve para juntar a família nas tardes de sábado para um chá  à moda antiga.

Hoje fiz um pão de iogurte, mel e erva doce que servi com geléia de laranja, requeijão e chá de laranja com canela e cravo. Ficou realmente muito bom. Recomendo…

Ingredientes:

4 e 1/2 xícaras de farinha de trigo

1/2 colher de chá de sal

1 e 1/4 colher de chá de fermento biológico seco

4 colheres de sopa de mel

2 colheres de sopa de margarina

2 colheres de sopa de erva doce levemente trituradas

150 gramas de iogurte natural

Modo de fazer:

Coloque os ingredientes líquidos na máquina primeiro e depois o sal. Logo após coloque a farinha, a erva doce e o fermento por cima. Ajuste a máquina para massa básica e escolha a cor do pão que mais gostar.