Escondidinho de peixe

Sempre que vou a Petropolis, compro aipim (mandioca) na beira da estrada. Não tem erro, é sempre aquele aipim branquinho, que derrete depois de cozido. Perfeitos para fazer um belo escondidinho de peixe.

Ingredientes:

1 kg de aipim

1 vidro pequeno de leite de coco

6 filés de pescada

1 limão

2 dentes de alho

sal a gosto

4 tomates sem pele e semente

1 cebola

3 colheres de sopa de azeite

1/2 molho de coentro picado

1 copo de requeijão light

Modo de fazer:

Lave os filés de pescada, seque e tempere com o suco de limão, o alho amassado e o sal. Reserve.

Descasque, lave e pique o aipim. Deixe cozinhar em água e sal até que estejam quase desfazendo.

Passe o aipim no processador e junte o leite de coco. Reserve.

Em uma panela, aqueça o azeite, forre com uma camada de tomates e cebolas picados. Coloque os filés de peixes por cima e cubra com o restante dos tomates e cebolas. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por cerca de 15 minutos.

Junte o coentro e deixe no fogo baixo por mais 5 minutos. Desligue o fogo e deixe esfriar um pouco.

Pique o peixe grosseiramente e misture novamente o molho.

Unte uma travessa refratária com margarina. Coloque o peixe e o creme de aipim por cima.

Cubra com o requeijão e leve ao forno até dourar.

Bobó de camarão

Para preparar o bobó compre o camarão na feira e peça para eles limparem. Lá mesmo eles tiram a cabeça e a casca. Em casa, dê um corte ao longo do corpo do camarão para tirar aquela tripinha que fica em cima. Lave bem e passe um pouco de limão.

Ingredientes
500g de camarão graúdo
1kg de mandioca
1 cebola média
5 dentes de alho
Azeite extra-virgem
1 garrafa pequena de leite de coco
3 colheres de sopa de dendê
Sal
Coentro
Cheiro-verde
3 pimentas dedo de moça (opcional)

Preparo
Descascar a mandioca e picar em pedaços pequenos e colocar em uma panela com água e sal. Cozinhar até que desmanche quase completamente.
Em outra panela, dourar a cebola bem picadinha no azeite. Quando estiver bem moreninha, juntar o alho picado para dourar.
Refogar os camarões descascados e limpos. Salgar.
Acrescentar as pimentas cortadas em pedaços mínimos, um punhado de cheiro-verde e outro de coentro.
Juntar o refogado ao creme de mandioca. Acrescentar o leite de coco e o dendê e deixar ferver por alguns minutos. Provar o sal.

Servir com arroz branco.


Cordeiro com ameixa e damasco

Devo ter sido árabe em outra encarnação. Tenho verdadeira paixão por tudo que vem dos países árabes, música, roupas, maquiagem, tecidos e gastronomia, claro. São sempre pratos com muita personalidade, sabores exóticos, mas muito leves. E os aromas… Adoro o perfume de canela e cominho que enche a casa.

Num fim de semana desses, lancei mão do meu Guia Boas Compras de Gatronomia, da Adriana Matttar, e busquei um lugar que vendesse cordeiro em Ipanema. Como era domingo, o Kikarnes perto da Vinícius era a melhor opção. Comprei um belo pernil de 1,5kg.

Fiz toda a ambientação para o almoço. Entrada (homus tahine em lata, pão fresquinho e sobremesas do restaurante Stambul, cachaça de anis), música marroquina, incenso de mirra… Meu povo amou.

Ingredientes:

1,5kg de pernil de cordeiro desossado e sem gordura

2 cebolas

3 dentes de alho

120g de amêndoas picadas

150g de damasco seco picado

150g de ameixas secas

150g de figos secos

4 paus de canela

1 colher de chá de canela em pó

1/2 colher de chá de cúrcuma

1/2 copo de azeite

açafrão

1/2 colher de chá de pimenta branca moída

1 colher de chá de sal

 

Modo de fazer:

Prepare uma infusão de 1 colher de chá de açafrão em pó e 1 litro de água. Misture a canela, a cúrcuma, a pimenta e o sal e esfregue na carne cortada em pedaços de aproximadamente 100g.

Coloque a carne para cozinhar em uma panela de barro, com a infusão de açafrão, a cebola, o azeite e alho. Os marroquinos usam o Taiyn, mas como não tenho, usei um panelão de barro que comprei na estrada, voltando da Região dos Lagos. Outra mudança que fiz na receita original: sou paranoica com colesterol. Por isso, deixo sempre para colocar o azeite no prato.

Após 30 minutos, retire 1 concha do caldo para hidratar as frutas secas e os paus de canela. Depois de outros 30 minutos, junte estes ingredientes já hidratados à carne e deixe cozinhar até que fique bem macia. Aproveitei parte do caldo para dar um gosto no cuscuz marroquino que fiz para acompanhar.

Retire a gordura com a ajuda de uma toalha de papel, ajuste o sal e salpique amêndoas picadas na hora de servir.

Rende 6 porções.

 

 

Cuscuz marroquino com frutos do mar apimentados

CuscuzmarroquinocomfrutosdomarHoje eu vi um programa de turismo sobre o Marrocos e fiquei morrendo de vontade de comer cuscuz marroquino. Como cordeiro demora mil anos para ficar pronto, optei por fazer com frutos do mar, inspirada na receita de Carla Duclos, do blog Entrepanelas.

Dei uma modificada na receita original acrescentando outros frutos do mar além do camarão e coentro.

O que me chamou atenção nesta receita foi o cheiro da canela enquanto refogava o alho. Absurdamente maravilhoso.

Ingredientes:

* 150 g de cuscuz marroquino
* azeite de oliva
* 2 limões
* sal e pimenta do reino moída na hora
*4 dentes de alho picados
* 1 pitada de pimenta calabresa
* salsinha e coentro frescos e picados
* 1 colher de chá de sementes de cominho
* 1 colher de chá de canela em pó
* 300 g de peixe branco (sem pele e sem espinha)
* 300 g de frutos do mar (comprei a mistura de paella congelada)
* 5 tomates bem vermelhos
* 1 xícara de ervilhas congeladas

Modo de preparo:

1. Coloque o cuscuz num refratário e adicione uma boa porção de azeite de oliva, suco de 1 limão siciliano, sal e pimenta do reino a gosto. Adicione água fervente até cobrir o cuscuz, cubra com um prato e aguarde até que ele absorva toda a água (cerca de 10 minutos).
2. Leve uma panela ao fogo com azeite de oliva e quando o azeite estiver aquecido coloque o alho, a pimenta, o cominho e a canela e mexa. Coloque o peixe por cima, os frutos do mar, os tomates picados e a ervilha. Adicione o suco de 1 limão siciliano. Tampe a panela e quando levantar fervura, abaixe o fogo. Deixe cozinhar por 8 minutos ou até que o peixe esteja cozido. Adicione a salsinha e o coentro (reserve um pouco para servir) e mexa delicadamente. Prove e adicione sal e pimenta a gosto.

Para servir:

* Com um garfo, afofe o cuscuz e coloqe numa travessa um pouco funda (com bordas). Coloque o peixe com o molho de camarão por cima. Salpique um pouco de salsinha picada por cima.

Espaguete com camarões

Espaguete com molho de camarão
Espaguete com molho de camarão

Prato bem facinho. O difícil é limpar o camarão…

Ingredientes
– 500 g de espaguete cozido al dente

Molho
– 1 lata de pomodori pelati ou 3 tomates maduros sem pele
– 1 cebola pequena picadinha
– 1/2 xícara de salsa picada
– 600 g de camarão sem casca e limpo
– 4 dente de alho inteiros
– sal
– Pimenta do reino
– meio limão
– azeite

Modo de Preparo
Tempere o camarão com sal e pimenta
Aqueça uma panela de teflon e adicione a cebola e deixe dourar um pouco. Se não tiver panela antiaderente, use óleo. Coloque alho, sal e misture até dourar.
Coloque o tomate picado e deixe cozinhar um pouco até o tomate começar a desmanchar. Deixe ferver por 5 minutos.
Acrescente o camarão e deixe cozinhar por 10 minutos. Desligue o fogo e coloque a salsinha.
Arrume o macarrão em uma travessa ou diretamente nos pratos e coloque o molho por cima. Regue com azeite.

Suflê de cenoura com ragu de carne

sufle_ragu

Eu queria fazer uma comida bem rápida e com alguma coisa que eu tivesse na geladeira. Lá estavam duas cenouras. Resolvi fazer um suflê com ragu de carne, uma espécie de picadinho.
Com um vinho, ficou perfeito.

Suflê de cenoura
2 cenouras cozidas na água com sal
2 ovos
100 ml de leite desnatado
1 colher cheia de farinha de trigo
1 cebola média
Sal
Azeite e farinha de trigo para untar

Ragu de carne
300g de filé picado bem pequeno
1 cebola picada
5 alhos socados
Pimenta do reino
Sal
3 tomates pelados e picados
80ml de vinho tinto
1 sache de caldo de carne em pó

Modo de fazer
Suflê
Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto as claras dos ovos, que devem ser batidas em neve. Após virar um creme homogêneo, acrescente as claras, mexendo com cuidado.
Leve ao forno médio em refratário untado com azeite e farinha de trigo. Deixe assar até que fique com a superfície dourada.

Ragu de carne
Leve a cebola e o alho ao fogo em panela com teflon. Se não você tiver, ponha um fio de azeite. Quando estiver transparente, coloque a carne e o vinho e deixe evaporar.
Acrescente os tomates (eu uso pomodori pelati em lata mesmo), o caldo de carne, sal e pimenta. Ajuste o tempero e deixe cozinhar por uns 15 minutos em fogo médio.

Polpetone recheado com mussarela de búfala

polpetone

Esse friozinho me inspirou a fazer uma comidinha italiana que caísse bem com um bom vinho tinto. Optei por polpetones recheado com mussarela de búfala, acompanhado de espaguete ao sugo. Como sempre, economizei as calorias para poder curtir minha tacinha sem neuras. A turma adorou.

Ingredientes
– 1 cebola ralada (meu ralador sumiu e eu acabei fazendo com ela picada mesmo)
– 3 dentes de alho
– 1 ovo
– 3 colheres de sopa de farinha de rosca
– 500 gramas de patinho moído
– sal
– pimenta do reino
– Bolinhas pequenas de mussarela de búfala

Modo de fazer
Junte o alho, a cebola e o ovo à carne e misture bem. Acrescente a farinha de rosca e tempere com sal e pimenta. Quando obtiver uma mistura homogênea, separe em discos achatados de carne.
Coloque o disco na mão e, sobre ele, a bolinha de mussarela de búfala. Vá juntando as pontas do disco, até formar uma bola. Enrole com as duas mãos até ficar bem redondo.
Leve ao forno médio por 20 minutos ou até que fique dourada.
Sirva com massa, arroz ou pão italiano.
Bom apetite!