Cardápio semanal saudável

thai restaurants

Pra essa semana, vou focar em proteínas menos  calóricas, acompanhamentos integrais, funcionais e orgânicos. Vou me inspirar em receitas que selecionei na internet e combinar com a comidinha caseira do dia a dia.

Fica de olho no blog porque vou postar as minhas versões das receitas.

Domingo 

Truta ao forno

Risoto integral de limão siciliano do Cozinha Fit

Segunda 

Nugget caseiro de frango – Gabriela Kapim

Arroz cateto integral

Feijão

Cenoura com ervilha

Terça

Filé de linguado crocante 

Purê de batata

Brócolis no alho e óleo

Salada

Quarta

Ovos com espinafre ao forno

Arroz cateto integral

Feijão

Purê de abóbora

Quinta 

Espaguete integral com mix de cogumelos da Martha Stewart

Salada de folhas e tomate cereja

Sexta

Feijoada vegana completa

 

 

 

Especial da Semana Bacalhau fresco ao limão

Bacalhau fresco é tão difícil de encontrar quanto a cabeça de bacalhau. Se você der esta sorte…

Já comprei congelado e em bandeja. Mas fresco fresco mesmo, nunca vi.

Esta receita é receita light e bem fácil.

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 700 g de filés de bacalhau fresco
  • Suco de 1 limão
  • Pimenta-do-reino a gosto
Modo de fazer:
  • Tempere o bacalhau com o limão, o sal e a pimenta do reino.
  • Aqueça o azeite em uma  frigideira grande até ficar bem quente.
  • Coloque o peixe e cozinhe por 6 minutos. Vire e deixe mais 6 minutos.

Receita de lula ao vinagrete

Esta receita fica uma delícia com cuscuz marroquino. Perfeito como entrada para um belo peixe assado.

Ingredientes:

  • 600 gramas de lulas limpas e lavadas.
  • 1 cebola grande
  • 2 tomates grandes e não muito maduros
  • Coentro
  • Sal
  • Limão
  • Pimenta do reino
  • Azeite

Modo de fazer:

  • Corte as lulas em rodelas de 0,5 centímetro. Pique também os tentáculos em pedaços pequenos.
  • Pique a cebola, os tomates e o coentro.
  • Ferva 1,5 litro de água em uma panela. Baixe o fogo e coloque as lulas. Deixe cozinhar por 4 minutos. Retire as lulas do fogo, escorra e reserve.
  • Tempere as lulas com limão, azeite, sal e pimenta do reino a gosto. Junte a cebola, o tomate e o coentro. Prove o sal e sirva.

Caipirinha de abacaxi com hortelã

Tem um mercadinho perto da minha casa que vende abacaxi já descascado e cortado em rodelas. Isso é perfeito porque me evita trabalho, mas tem seu lado ruim também. Muitas vezes vem maduro demais e tem que ser consumido rapidamente. Da última vez que veio bem maduro, coloquei no freezer para conservar por mais tempo. Olha no que deu: uma maravilhosa caipirinha de abacaxi.

Ingredientes:

1 xícara de abacaxi congelado e cortado em cubos

1 colher de sopa de açúcar mascavo

2 doses de vodka

4 folinhas de hortelã

Modo de fazer:

  • Bata tudo em uma coqueteleira por cerca de 1 minuto.
  • Sirva em 2 copos.

Especial da Semana Santa: receita de bacalhau com batatas ao murro

Esta é uma receita fácil de fazer a até divertida. Dar uns murros nas batatas é a parte mais legal.

Como o preparo deste bacalhau não tem mistério algum, o que posso dizer é divirta-se e aproveite  esta delícia da culinária portuguesa.

Bacalhau

Ingredientes
720g de bacalhau dessalgado
2 litros de azeite extravirgem
4 ramos de tomilho
4 folhas de louro
4 ramos de alecrim
4 dentes de alho com casca

Modo de preparo

  • Esquente em uma panela média o azeite com as ervas e o alho na temperatura de 60ºC.
  • Coloque o bacalhau e deixe cozinhar por 15 a 20 minutos.

Batatas ao murro

Ingredientes
800g de mini batatas
100ml de azeite extravirgem
2 cebolas fatiadas
2 dentes de alho picados
1 pimenta dedo de moça picada
200g de passas pretas
1 punhado de salsa picada
Sal grosso a gosto

Modo de preparo

  • Espalhe sal grosso em um tabuleiro médio.
  • Ponha as mini batatas cruas, com casca e tudo, por cima do sal grosso.
  • Leve o tabuleiro ao forno por 30 ou 40 minutos a 180ºC. Deixe esfriar.
  • Retire as batatas do tabuleiro e, com as mãos, bata até amassá-las.
  • Ponha azeite em uma frigideira e frite as batatas até ficarem crocantes.
  • Junte as cebolas, o alho, a pimenta dedo de moça e as passas. Acrescente a salsa.

Finalização

  • Coloque as batatas temperadas no prato e disponha o bacalhau em cima delas.
  • Regue com o azeite do cozimento do bacalhau.
  • Decore com o alho com casca, tomilho, louro e alecrim.

Especial da Semana Santa: receita de bacalhau à Gomes Sá

Todo mundo que gosta de bacalhau já provou este prato e provavelmente, assim como eu, não faz ideia de por que raios ele tem este nome. Como a curiosidade mata e a Wikipedia está aí pra isso mesmo, vamos acabar com essa dúvida agora mesmo. José Luís Gomes de Sá foi o cozinheiro  e dono do Restaurante Lisbonense, no Porto, que supostamente inventou esta receita.

Como está é uma receita fácil e bem simples de fazer, é uma boa opção para o festas como Natal e Semana Santa.

Ingredientes:

  • 800 gramas de bacalhau dessalgado e em lascas
  • 1 kg batatas grandes
  • 3 ovos cozidos
  • 3 cebolas
  • 3 dentes alho
  • 1/2 xícara de chá de azeite
  • 1 ramo salsa
  • Sal grosso
  • Quantidade que baste de sal refinado
  • Pimenta do reino moída
  • 1 xícara de azeitonas pretas
  • Leite suficiente para cobrir o bacalhau

Modo de fazer:

  • Limpe as peles e espinhas do bacalhau e separe a carne em lascas. Coloque-as num recipiente, cubra com leite quente e deixe repousar cerca de 1 hora. Escorra.
  • Cozinhe as batatas inteiras e com pele em água temperada com sal grosso, por mais ou menos 35 minutos. Não deixe cozinhar demais para não desfazer. Deixe esfriar um pouco, descasque as batatas e corte em pedaços pequenos.
  • Pique as cebolas em meias luas. Coloque numa frigideira larga e refogue em azeite, juntamente com alho picado, até ficarem transparentes.
  • Misture as batatas ao bacalhau com cuidado para não desmanchar muito. Prove o sal e  tempere com pimenta.
  •  Coloque num tabuleiro, regue com azeite e leve ao forno preaquecido a 200 graus por 15 minutos.
  • Retire do forno e decore com ovos cozidos e cortados em rodelas ou picados, salsa picada e azeitonas pretas. Sirva quente.

Receita de fritada de cogumelos e cebolinha

Esta receita de fritada de cogumelos com cebolinha foi inspirada em uma que vi no site da minha diva, a Martha Stewart. Vou ser que nem ela quando crescer!

Ingredientes:

2 colheres de azeite de oliva

12 cebolinhas (partes brancas e verdes) cortadas em pedaços de 4 cm

400g de cogumelos (usei shimeji e champignon) cortados em fatias

8 ovos

1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado

Margarina para untar ou papel manteiga já untado

Sal e pimenta do reino moída

Modo de fazer:

– Preaqueça o forno a 350 graus.

– Em uma frigideira média, aqueça o azeite. Junte a cebolinha e os cogumelos e refogue. Tempere com sal ao seu gosto. Tampe e deixe cozinhar por 15 minutos. Retire do fogo e reserve.

– Em uma travessa, bata juntos os ovos, sal e pimenta.

– Junte os ovos e o queijo aos cogumelos refogados.

– Unte um refratário ou forre com papel manteiga já untado. Adicione o preparado e leve ao forno a 200 graus por 15 minutos.

– Sirva com salada verde.

Receita de salmão grelhado e caramelado

20120324-134904.jpg

Compro salmão todo domingo na feira. Sempre um 1 quilo, que rende duas refeições. Usei metade da peça nesta receita de salmão grelhado e caramelado num molho de limão siciliano com açúcar mascavo.
O interessante é que não sobrou nem a pele, que estava super crocante e temperada.

Ingredientes:
1/2 quilo de salmão cortado em filé e com a pele
1 colher de sopa de sal grosso
1 colher de açúcar mascavo
Suco de meio limão siciliano
1 colher de chá de pimenta do reino moída
1 colher de chá de paprica picante

Modo de fazer:
– Aqueça uma frigideira de teflon.
– Coloque o salmão com a pele para baixo e deixe grelhar por 3 minutos em fogo baixo. Repita a operação no lado da carne.
– Baixe o fogo, vire a carne para cima e cubra com o sal grosso. Deixe assim por uns 5 minutos e vire novamente. Deixe por mais uns 5 minutos. Eu gosto do salmão bem cru por dentro. Se você não curte, deixe no fogo por uns 10 min de cada lado.
– Prepare um molho com os demais ingredientes.
– Novamente, vire a carne para cima e jogue o molho. Deixe caramelar a com a pele em contato com o fundo por uns 5 minutos.
– Ponha a carne virada para baixo,
deixe mais 2 minutos e está pronto para servir.

20120324-134640.jpg

Receita de molho a matriciana (ou all’amatriciana)

O molho sugo a matriciana ( ou escrito da forma correta amatriciana) é um verdadeiro símbolo da tradição culinária italiana. Tem este nome porque foi criado em Amatrice, no Lácio. No começo era comum nas mesas de pastores pobres, mas hoje compõe cardápios dos melhores restaurantes da Itália.

Tive a oportunidade de cozinhar bastante em minha passagem recente pela Itália. Este e outros molhos foram testados com suas receitas e ingredientes originais. Este molho em especial ficou uma delícia.

Depois que já tinha voltado para o Brasil, descobri que cometi uma heresia gastronônica. Esta é uma massa para ser comida obrigatoriamente com espaguete e eu fiz com tagliateli.

Ingredientes:

100 gramas de toucinho defumado (o bom e velho bacon)

1 colher de azeite extra-virgem

75 gramas de queijo pecorino

Pimenta do reino

1 pimenta dedo de moça

350g de tomates pelados

1 taça de vinho branco seco

Sal a gosto

Modo de fazer:

Retire a casca dura e corte o bacon em cubos pequenos ou tiras. Eu usei bacon comprado já picado.

Coloque em uma frigideira com azeite, adicionando a pimenta dedo de moça esmagada.

Assim que a gordura do bacon ficar transparente, acrescente o vinho branco e deixar evaporar. Quando o vinho desaparecer, escorra e retire o bacon da panela. Reserve.

Removas as sementes dos tomates, pique-os e despeje na panela na qual preparou o bacon. Acrescente sal a gosto e cozinhe em fogo médio até os tomates desfazerem.

Enquanto isso, cozinhe a massa, escorra e coloque diretamente na panela com os tomates.

Adicione o bacon e misture bem.

Salpique a pimenta do reino moida e acrescente o queijo pecorino ralado.