Especial da Semana Santa: receita de bolinho de bacalhau

Gostaria de agradecer aos portugueses por nos deixarem de herança o gosto pelo bolinho de bacalhau, reforçado pela quase necessidade brasileira de tomar um chope gelado de vez em quando. O que poderia combinar mais com chope que o bolinho de bacalhau? Sem falar na tradição de preparar esta receita na Páscoa, no Natal e em várias outras oportunidades durante o ano. Na verdade, tudo é motivo.
Em homenagem aos amigos lusitanos, trago a primeira receita de bolinho de bacalhau conhecida, publicada em 1904 no livro Tratado de Cozinha e Copa, do português Carlos Bandeira de Melo. Tomei a liberdade de indicar as quantidades dos ingredientes, que o autor não revelou no original.
Ingredientes:
600 gramas de bacalhau dessalgado
400 gramas de batatas cozidas e espremidas
1 gema de ovo
Sal
Pimenta do reino
1/4 de xícara de leite
1 xícara de salsa picada
Quanto baste de azeite ou óleo de soja para fritar
1 clara de ovo batida em neve
2 colheres de metal para dar forma aos bolinhos

Modo de fazer
– Cozinhe o bacalhau, limpe peles e espinhas e desfie.
– Misture com as batatas cozidas e bastante salsa cortada em pedaços.
– Junte o leite e as gemas. Tempere com um pouco de sal e pimenta em pó.
– Bata a massa, à qual juntam-se as claras, previamente batidas em neve.  Mistiure tudo rapidamente.
– Aqueça o azeite, que deve ser abundante, para que os bolinhos mergulhem nele sem tocar o fundo.
– Molhe as colheres no azeite fervente em que os bolinhos serão fritos.
– Tire uma colherada de massa  e dê forma ao bolinho passando de uma colher para outra.

– Em seguida, ponha os bolinho para fritar.
– Tire do azeite com uma escumadeira e coloque para escorrer no papel toalha.

Obs.: se a massa não estiver dando liga, coloque um pouco de farinha de trigo.

 

A bruxa tá solta

Quando minha filha era pequena, o Halloween era uma das datas mais esperadas do ano. Ela achava o maior barato cortar a abóbora com uma cara de Bicho Papão e colocar na varanda. Também fazíamos gelatina com uvas e brincávamos dizendo que era sopa de olhos. Uma pena eu Não ter feito fotos.
Mas achei umas ideias bem legais e vou colocar aqui como sugestão para as mães que, como eu, adoram inventar moda.

Cupcake de cérebro / limão com merengue italiano (Receita do Caramelodrama – Foto do FamilyFun)

Cupcakes de Limão

– 325g de farinha de trigo

-1 colher de sopa de fermento

– 1/2 colher de chá de sal

– 300ml de buttermilk (leite com meio limão espremido dentro, descansar por 5 mins)

– 4 claras

– 1 1/2 xícara de açúcar

– casca ralada de dois limões ( Siciliano)

– 1/2 xícara de manteiga sem sal em temperatura ambiente

– 1 colher de chá de extrato de baunilha

– 1 colher de chá de suco de limão.

Misture o açúcar com as cascas de limão até que ele esteja úmido. Peneire farinha, sal e fermento juntos. Adicione a manteiga ao açúcar com limão e bata em velocidade média por 3 minutos, até que a massa esteja homogênea. Bata as claras e o buttermilk com um fuet até que fique espumosa e adicione à batedeira alternando com a mistura dos secos, e adicione o suco de limão e o extrato de baunilha por último. Bata por 2 minutos em velocidade alta.

A massa fica com aparência um pouco granulosa, por conta do suco de limão e do buttermilk.

Asse em forno a 180ºC por 20-25 minutos ou até que eles comecem a ficar dourados nas bordas.

Merengue Italiano

– 200g de açúcar branco refinado

– 100ml de água

– 60g de claras (2 claras)

Ponha o açúcar e a água em uma panela e ligue o fogo e deixe ferver.

Enquanto isso, ligue a batedeira para bater as claras em neve até picos firmes. Deve demorar o mesmo tempo que para ferver a calda.

Quando a calda estiver com borbulhas altas e começando a mudar de cor – de incolor para amarelado – desligue o fogo.

Espere as bolhas abaixarem, ligue a batedeira novamente em velocidade máxi

ma e derrame a calda em fio vagarosamente na tigela da batedeira. Quando terminar, deixe a batedeira ligada até que a vasilha esteja morna, quase fria.

Se desejar, adicione meia colher de cremor tártaro (à venda em lojas especializadas em confeitaria e panificação) para dar mais estabilidade.

Se você tiver um maçarico de cozinha, queime o merengue com cuidado – sem aproximar demais a chama do merengue – até que ele fique dourado nas bordas. Caso não tenha, leve ao forno e espere dourar.

 

 

 

 

 

 

 

 

Ovos de sapos congelados /sorvete de kiwi (Receita Dona Tetéia  e foto do FamilyFun)

– 6 kiwis

– 2 colheres de açucar

– Copinhos plásticos de servir café

– Palito de sorvete

Descasque os kiwis e corte em rodelas. Ponha no congelador e deixe por 5 horas ou até que congelem sem virar pedra de gelo. Bata no liquidificador com o açúcar até virarem um creme consistente.

Sirva em copinhos plásticos e cubra-os com papel laminado. Coloque um palito de sorvete no meio e leve ao congelador novamente.  

Boca de coveiro / Maçãs com amêndoas  (Foto do FamilyFun)

– 4 maçãs

– Amêndoas descascadas e cortadas grosseiramente

Corte 1/4 da maçã. Faça um recorte na parte central conforme na foto. Pingue limão para não escurecer. Espete as amêndoas como se fossem dentes.

Sirva a seguir.

Múmias dorminhocas / Enroladinho de Salsicha (Receita do Tudo Gostoso)

 
 
 

  • 1 colher de chá de sal
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 2 tabletes de fermento biológico fresco
  • 1 xícara de chá de leite
  • 1/4 xícara de chá de óleo
  • 1 ovo
  • 4 xícaras e 1/2 de chá de farinha de trigo
  • 1 ovo batido (para pincelar)
  • Recheio:
  • 20 salsichas
  •  

    1. Dissolva o fermento no leite
    2. Em uma vasilha, coloque a farinha e o fermento dissolvido e o restante dos ingredientes
    3. Sove a massa até ficar macia e homogênea
    4. Divida a massa em duas, cubra com plástico e deixe descansar por 30 minutos
    5. Abra as massas com um rolo e coloque o recheio
    6. Enrole como na, coloque em uma forma untada com manteiga, e leve para dourar no forno
    7. Faça pingos de mostarda no lugar dos olhos

     Dedo de bruxa velha / Bastões de muzzarella com cream cheese e pimentão (Family Fun)

     – Bastões de muzzarela

    – Pimentão verde cortado em forma de unha

    – Cream Cheese

    Com uma faca, esculpa a entrada da unha e simule as dobras dos dedos.

    Ponha cream cheese nas pontas para segurar as unhas de pimentão.

    Ossos doces / Suspiro (foto: Martha Stewart)

    – 6 claras

    – 1 1/2 xíc. de açúcar

    Bata as claras até o ponto de suspiro. Juntar o açúcar lentamente. Com o saco de confeitar, faça a primeira ponta, a base do osso e a segunta ponta.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Olhos em conserva / Gelatina com frutas (Foto: Family Fun)

    Se a gelatina for verde, faça com cerelas frescas ou em conserva. Se for vermelha, faça com uvas verdes sem caroço.

    Faça um pacote de gelatina de seu sabor favorito conforme as instruções da caixa. Deixe endurecer na geladeira.

    Enfie as frutas na gelatina, delicadamente, com a ponta dos dedos.

    Leve novamente à geladeira.

    E que venha um ano bom

    Veja fotos aqui.

    As portas do palacete estarão abertas aos amigos neste Ano Novo. Moro a poucas quadras da praia de Copacabana, o lugar mais badalado do Rio de Janeiro nesta data. Visitantes não faltarão com toda certeza.

    Como deve estar um calor infernal e não quero ficar às voltas com louça pra lavar, decidi fazer tudo em copinhos ou espetinhos que serão descartados imediatamente após o consumo. Aceito sugestões.

    – Espetinho caprese (muzzarela de búfala, tomate cereja e manjericão)

    – Espetinho de cogumelo com queijo de cabra e alho

    – Espetinho de parma com melão

    – Damasco recheado com roquefort e cottage

    – Couscous marroquino com frutos do mar

    – Gaspacho

    – Sunomono

    – Tabule

    – Salada de lentilha

    – Tartar de salmão

    – Sanduiche de miga, copa, cream cheese e rúcula

    – Cestinha de bacalhau

    – Brigadeiro

    – Cheese cake

    – Manjar

    Casquinhas de laranja açucaradas

    Essa receita eu tirei de um livro do Le Cordon Bleu. Facinha de fazer e fica uma delícia acompanhando um cafezinho. Com esta embalagem maravilhosa proposta pela Martha Stewart pode ser uma boa e barata opção de presente de Natal.

    Ingredientes

    Laranjas
    açúcar
    cravo

    Preparo
    Com muito cuidado, descasque a laranja com um ralador ou um fatiador de queijo. O ideal é fazer as tiras mais finas e compridas que você conseguir. Tente aproveitar a apenas a parte amarela da casca.
    Coloque as tiras dentro de um pano de prato e lave até que a água saia limpa.
    Ferva as cascas durante 5 minutos. Escorra toda a água. Faça isso 2 vezes.
    Torne a colocar as tiras na panela e ponha água — apenas o suficiente para cobrir as cascas.
    Adicione os cravos e 1 colher de açúcar para cada laranja que usou. Deixe ferver até virar uma calda consistente, mas não muito queimada.
    Cubra um tabuleiro com açúcar e despeje as cascas. Vá separando as tiras com dois garfos.
    Guarde em um pote hermeticamente vedado.
    Sirva com café ou chá.

    Batatinha calabresa

    Essa receita é uma herança de familiares portugueses. Tradicional da terrinha, é deliciosa e cai muito bem como uma cervejinha.  Os amigos amam.

    Ingredientes
    1 kg de batatinha
    1 cs de pimenta calabresa
    1 cebola grande ralada
    1 cabeça de alho (cortar em lâminas)
    1 copo de azeite
    1 copo de vinagre branco
    4 folhas de louro
    Sal a gosto

    Preparo
    – Escolher as batatinhas uma a uma, com cuidado redobrado em relação aos bichos e buracos. Lembre-se que as batatas são postas inteiras na boca.
    – Lavar uma por uma com escovinha de lavar roupa.
    – Secar.
    – Colocar na panela de forma que todas elas estejam em contato com o fundo.
    – Espalhar os temperos por cima e provar o sal.
    – Cozinhar por 20 minutos e depois ir espetando o garfo até que ele entre.
    – Deixar em conserva por uma semana antes de consumir.