Piquenique!!!

piquenique

Amanhã vamos levar minha mãe para fazer um piquenique no parque. É sempre maravilhoso quando minha família se reúne para agradar nossa matriarca. Como minha irmã não é lá muito chegada às artes culinárias, o cardápio ficou sob minha responsabilidade.

Consultei meus livros para ter idéias de cardápio e chegamos ao seguinte:

– Sanduíche de carne assada fatiada

– Pissaladière (uma espécie de pizza grossa)

– Salada verde

– frutas frescas

– suco de uva

– água

– Vinho tinto

Algumas dicas que sempre lembro:

1 – Optar por um cardápio que possa ser degustado da forma mais prática possível.

2 – Priorizar utensílios descartáveis.

3 – Levar sacolas de sirvam para recolher o lixo e deixá-las bem à mão.

4 – Levar filtro solar e repelente.

5 – Comprar guardanapos.

6 – Escolher um lugar na sombra.

7 – Arrumar a toalha com capricho.

Amanhã posto as receitas e fotos dos pratos.

Café, café, café

Se tem uma coisa que eu amo fazer é parar tudo e tomar um café. Venho provando esta delícia há anos pelas cafeterias da vida. Vou do café da padaria aos grands crus da Nespresso.

Além de me manter acordada, é antioxidante e previne doenças. Por ser vasodilatador, ajuda a melhorar o desempenho na corrida.

Meus preferidos hoje são o da Kopenhagen, com colher de chocolate, claro, o Livanto, da Nespresso, e espresso do Armazém do Café. Essa foto é de um cafezinho delícia que tomei num boteco da Lapa.

pitstop

Tafé, tafé, tafé…

Vodka martini, shaken, not stirred

Adoro um drinquezinho, em especial o martini. Pra quem se amarra em 007, essa é a receita. Shaken, not stirred.

– 40 ml de Gin
– 20 ml de Vodka
– 20 ml Vermouth Dry
– 1  azeitona verde ou uma tira bem fina de casca de laranja

  1. Coloque o gelo na coqueteleira. Despeje a vodka e o vermute seco sobre o gelo.  Bata vigorosamente.
  2. Coe a mistura no(s) copo(s) gelado(s) de Martini.
  3. Acrescente uma azeitona – ou a tira de casca de laranja torcida –  e sirva.