Especial da Semana Santa: receita de moqueca de bacalhau

Tenho quase certeza de que este é meu prato preferido de bacalhau. Amo moqueca. Deve ser minha origem capixaba.

Prefiro sem dendê, que acho muito forte. Mas se você gostar, pode adicionar à receita. Vai ficar bom.

INGREDIENTES
1/2kg de bacalhau dessalgado em postas
1 cebola branca grande
2 tomates maduros grandes
1 pimentão grande vermelho
2 colheres sopa de azeite de oliva
Coentro
Cebolinha verde
Pimenta de cheiro
1 garrafa grande de leite de um coco

MODO DE FAZER

  • Retire as espinhas e pele do bacalhau. Corte em postas.
  • Coloque em uma paneta tomate, cebola e pimentão cortados em rodelas, além de coentro e cebolinha verde bem picados.
  • Coloque as postas de bacalhau e tempere com pimenta de cheiro e regue com azeite e leite de coco.
  • Leve ao fogo baixo em panela tampada (de preferência de barro) por 20 minutos.

Moqueca capixaba

Minha mãe é capixaba. O peixe lá em casa sempre foi preparado dessa forma. Eu nem sabia que se chamava Moqueca Capixaba. Pra mim, era apenas o peixe da minha mãe.

Eu não deixo a tradição morrer. Na maioria das vezes que preparo peixe, faço exatamente como manda a dona Teca.

Esta receita rende umas 5 porções e fica ótima acompanhada de arroz branco.

Fer, essa é pra você.

 

Ingredientes

          2 kg de peixe (prefiro os de carne branca) cortados em postas grossas

          1 maço de coentro

          1 maço de cheiro verde

          2 cebolas médias

          4 tomates

          Azeite

          1 Pimenta dedo-de-moça

          Sal

          Limão

 

Dica: guarde a cabeça do peixe para fazer pirão.

 

Modo de fazer

           Peça ao cara da feira ou da peixaria para tirar as escamas do peixe, limpar e cortar em postas.

          Lave bem e passe bastante limão. Lave novamente e tempere com sal e limão.

          Corte as cebolas e os tomates em rodelas. Pique o coentro e o cheiro verde. Corte a pimenta ao meio e tire as sementes. Lave bastante e corte em rodelas bem miúdas. Misture os temperos.

          Normalmente, os capixabas esfregam no fundo da panela de barro um pouco de óleo de e azeite de oliva para untar. Eu uso só o azeite.

          Forre o fundo da panela com parte dos temperos e disponha as postas de peixe uma ao lado da outra.

          Cubra com o resto dos temperos e regue com azeite. Deixe pegar o gosto por uns 20 minutos.

          Algumas pessoas usam urucum por cima, mas eu não gosto.

          Leve ao fogo alto até ferver. Você verá que o peixe solta uma grande quantidade de água. Portanto, não é preciso colocar água.

          Prove o caldo e adicione sal a gosto.

          Cozinhe por uns 20 minutos em fogo alto e não mexa em hipótese alguma para o peixe não desmanchar. Vá balançando a panela.

 

Pirão

 

          Lave, tempere e cozinhe a cabeça do peixe, exatamente como fez com as postas, porém em uma panela separada. Neste caso, será preciso colocar um pouco de água, para dar bastante caldo.

 

          Eu costumo pegar um pouco do caldo da moqueca também. Faça isso com uma concha.

 

          Depois de cozinhar bastante, coe e leve o caldo novamente ao fogo até levantar fervura.

 

          Vá acrescentando farinha de mandioca bem aos pouquinhos para não dar pelotas.

 

          Não deixe ficar muito grosso. Ele tende a ficar mais duro conforme for esfriando.