Gosto de infância

Outro dia fui almoçar na casa da minha mãe. O cardápio era dos mais simples que se possa imaginar, mas foi uma das melhores refeições da minha vida. O motivo: tudo tinha gosto de infância. Cada garfada me remetia a uma lembrança, a todos aqueles momentos felizes que passei com minha família.

Queria realmente poder comer mais uma vez o pé-de-moleque que meu irmão fazia. Era uma festa sentar no chão da cozinha e comer aquela delícia ainda quente na colher.

Os miúdos de frango da mamãe com angu, feijão fresquinho, arroz e salada de agrião. Nossa…

Meus preferidos:

– bolo de chuva

– bolo de fubá com coco

– bala de leite feita sobre o mármore da pia

– angu com miúdos de frango e salada de agrião

– o mais fantástico e incrível feijão do mundo (o da minha mãe, a Dona Teca)

– cuzcuz de milharina com manteiga e café no lanche da tarde

– picolé de danoninho (eu enfiava todos os danoninhos no congelador com pálito de sorvete fincado)

– sacolé de coco

– pingo de leite

– quebra-queixo

– o pé-de-moleque feito pelo meu irmão

– queijo minas derretido no café da manhã da casa da minha vó

– sardinha frita

– leite com baunilha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s